Novo tratamento contra varizes é oferecido no SUS


Já ouviu falar em utilização de espuma para tratamento de varizes?  A técnica inovadora é realizada com o auxílio de um aparelho de ultrassom. Um medicamento em forma de espuma é injetado na veia doente para secar os vasos com má circulação do sangue

Segundo o Hospital Carlos Chagas (Itabira, MG), o procedimento utilizado no tratamento é formado por um esclerosante líquido, chamado Polidocanol, que é misturado com o ar e transformado em uma espuma que tem o aspecto parecido com uma espuma de barbear. O procedimento faz com que a espuma penetre na veia e cause uma reação inflamatória dentro do vaso sanguíneo provocando imediatamente uma contração involuntária e em seguida o fechamento dessa veia que estava atrapalhando a circulação venosa do paciente.
O procedimento já foi realizado em 18 pacientes no HMCC desde que foi implantado e em todos os casos foi notada uma melhora considerável no quadro. E pela primeira vez em Minas Gerais o tratamento está sendo custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS)

Uma das principais vantagens dessa técnica é a ausência de cortes e internação, explica a médica. O procedimento é realizado em consultório sem a necessidade de anestesia e o paciente volta para casa no mesmo dia. Cada sessão dura em torno de 20 a 30 minutos e o paciente pode ir embora caminhando, não tendo necessidade de ausentar-se de suas atividades profissionais. A única recomendação é o uso de uma meia de compressão elástica por um período aproximado de 15 dias, após o procedimento.
A técnica da espuma é indicada para tratar pacientes com insuficiência venosa crônica, varizes calibrosas, úlceras de estase ou com risco aumentado para realizar a cirurgia por meio do tratamento convencional. A contra indicação é para pacientes alérgicos ao Polidocanol, com doenças arteriais ou gestantes.

Causas principais e a forma eficiente de aliviar o peso das pernas

Bastante conhecidas das mulheres, as varizes incomodam, não apenas pelo aspecto físico, mas principalmente pela sensação de pernas cansadas e pesadas que elas trazem. A boa notícia é que para reduzir esse desconforto você pode apostar em diversas dicas.

As varizes aparecem quando as válvulas responsáveis por mandar o fluxo de sangue de baixo para cima não funcionam como deveriam. Assim, o sangue não tem força para voltar ao coração e se acumula nas veias dos membros inferiores, fazendo com que elas se dilatem e fiquem tortuosas com aspecto arroxeado.

Causas das varizes

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, não existe relação entre a formação de varizes e depilação ou uso de salto. Atividades físicas, desde que bem acompanhadas, também não oferecem riscos.

Segundo a dermatologista Michele Haikal (CRM 111164), dois fatores são as principais causas de varizes. O primeiro é a genética: quem tem mães ou avós com varizes, apresenta chances maiores de sofrer com o problema. O segundo são as oscilações hormonais tanto em relação aos hormônios produzidos quanto aos ingeridos. É por esse motivo que as mulheres costumam ter mais varizes que os homens (pois é, cada TPM é uma montanha-russa diferente).

Não existe relação entre a formação de varizes e depilação ou uso de salto

Como evitar

Redução do peso para pessoas acima do peso ideal;
Tente não ficar muito tempo parada em pé ou sentada;
Não use cintas abdominais apertadas.
Faça exercícios físicos com supervisão médica;
Não fume;
Use meias elásticas, principalmente durante a gravidez.

Como tratar

O tratamento varia de acordo com o grau das varizes e só pode ser indicado após avaliação médica. No entanto, a sensação de pernas pesadas, que é a principal queixa das mulheres, pode ser reduzida de maneira simples. “Esse incômodo aparece porque realmente há um acúmulo de sangue, o que aumenta o peso dos membros”, explica a dermatologista Michele Haikal.

Pomadas com propriedades anti-inflamatória, antitrombótica e fibrinolítica podem ajudar no tratamento. Elas ajudam a drenar e a reabsorver acúmulos sanguíneos, prevenindo a trombose, que é uma complicação maior, e reduzindo a sensação de peso nas pernas.

Usar meias elásticas e deitar com as pernas para cima também ajudam a estimular a circulação do sangue, fazendo com que ele retorne à parte superior do corpo com mais facilidade.

Fonte: Vix e Brasil de Fato online

 

Postado por Equipe Limite Zero Em: 28/Mai/2018 / Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.